7 junho, 2013

Mover

Posted in Egotrip às 6:08 pm por Deborah Sá

Me exercito porque amo meu corpo, não porque quero muda-lo. Dele não me envergonho ou escondo. Não quero secar, rasgar, doer. Eu quero sentir o coração batendo por toda sua extensão, eu quero que toda parte dele ganhe mais autonomia e movimento. Amo meu corpo pela sua capacidade, em todas as marcas, em toda sua inteireza. Ele é completamente funcional e atende as minhas necessidades. É através dele que existo, experimento, vibro, provo. Por que hei de odiar a matéria da qual sou feita?

8 Comentários

  1. Finalmente alguém falou tudinho o que eu penso! Te sigo no Twitter e vi vc dizendo que é difícil falar sobre academia com alguém que não seja gordofóbico.. se quiser, podemos conversar.

    • Deborah Sá said,

      Olá, Risa!

      Que bacana! Vamos conversar sim, você também faz academia? Beijos!

  2. Rebecca Neto said,

    Deb, você é linda e inspiradora, dum jeito que pouca gente é, dum jeito cru e profundamente consistente. Sinta-se abraçada, desses abraços que dá tempo de ser um pouco absorvido pela pessoa.

    • Deborah Sá said,

      Ah, mas que comentário mais adorável e caloroso, sinta-se abraçada de volta! Você também é maravilhosa ;) *abraço*

  3. Lilica said,

    Débora,você está linda e ninguém poderá pôr defeito algum….está perfeita á sua maneira (os padrões não interessam,o padrão é alienado) está linda e perfeita,sem maquiagem,sem photoshop,sem se esconder e sem passar a escova nos cabelos,garota e linda,seu veludo,sua pele…Perfeita!

    • Deborah Sá said,

      Olá, Lilica,

      Muito obrigada pelos elogios, sinto que muitas pessoas sentem-se inadequadas quando seus corpos são absolutamente funcionais e atraentes. Demorei muito para aceitar meu corpo, espero que outras pessoas também sintam-se em paz na própria pele. Um abraço!

  4. Barbara said,

    Parabéns, de verdade. Sou formada em educação física, e trabalho em uma academia, e é isso que eu tento passar para as pessoas. Não faça atividade física para mudar o corpo, parecer uma panicat ou uma modelo, faça por você, pela sua saúde e porque gosta.
    Já tem a minha admiração

    • Deborah Sá said,

      Olá, Bárbara,

      Seja bem vinda! Que bom saber que há profissionais preocupados no bem estar das pessoas, não em encaixá-las em padrões, fazendo da atividade física um verdadeiro sacrifício. No meu entender, o corpo em movimento é para o bem estar, a disposição, a energia e o calor, não uma penitência. Um abraço e volte sempre que quiser ;)


Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: