20 julho, 2009

Cinema Buraco de Fechadura

Posted in Filmes, Gênero tagged , , at 1:58 pm por Deborah Sá

Algo que me incomoda em sua tentativa pueril é o que eu chamo de “Cinema Buraco de Fechadura”. Consiste em cenas de belas mulheres se despindo diante das câmeras enquanto observadas por um buraco de fechadura. O espectador compartilha a cena com o garotinho de trajes “italianos” de meias 3/4 brancas, boina, tons em marrom com bege sobreposto em suspensórios azuis.

Parece um esforço em resgatar o primeiro contato sexual masculino longe da pornografia impressa, embora em alguns filmes esta cena seja o compartilhamento de gravuras pornográficas. O maior ícone que vêm à memória é Malèna – nunca vi na íntegra, apenas trechos – onde ninguém comenta nada do enredo além da beleza da Monica Bellucci e da fotografia “buraco da fechadura”. No Brasil lembro de “O ano em que meus pais saíram de férias”.
Interessante lembrar que nestes parâmetros quase sempre a jovem observada é “uma mulher de valor”: Tomando banho no riacho, trocando-se em um quarto ou colocando uma meia-calça. É uma invasão do espaço privado onde a nudez seria só dela, sua liberdade seria despida de conteúdo erótico. Mas claro, sempre há um menininho disposto a fazer “a arte” de lançar sobre ela um sentido sexual. Quando a moça nota, sorri e tampa o buraco ou cobre os seios e solta uma exclamação que faz os meninos rirem e saírem em disparada.

É sexo quase cômico, quase pueril, quase a mesma coisa…

Quando o observador é um homem adulto, ele se cala diante da mística feminina, de suas curvas, de seu silêncio desavisado em banhar o próprio corpo. Há muitas cenas assim na novela “Pantanal” e uma no filme “Brincando nos campos do Senhor”. Quando um filme mostra uma garotinha olhando um rapaz pelo buraco da fechadura? Um torso masculino filmado lentamente? Quando a visão contemplativa é estendida ás mulheres lésbicas e héteros? Estas cenas não são mera contemplação, é um julgamento estético e uma reafirmação do homem hétero como juiz de nossa capacidade atrativa. Não importando se ele é um garotinho.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 166 outros seguidores